Taxa de ocupação de UTIs está em 42% na região Meio-Oeste

São 19 pessoas internadas por suspeita ou confirmação do coronavírus em seis hospitais.

Por Redação em Saúde

24/06/2020 17:53

Taxa de ocupação de UTIs está em 42% na região Meio-Oeste

A Região Meio-Oeste de Saúde, formada por 20 municípios, incluindo Campos Novos, tem uma taxa de ocupação de leitos de UTI na faixa de 42% atualmente. O percentual diz respeito ao total de leitos disponibilizados exclusivamente para o tratamento de pacientes com Covid-19, 47 leitos no total, ou seja, são 19 pacientes internados por suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus.

Os hospitais de referência para a região Meio-Oeste de Saúde estão nas cidades de Concórdia, Videira, Curitibanos, Caçador e Joaçaba e os pacientes são direcionados para o local mais próximo do domicílio ou onde tiver vagas. A informação foi repassada pela secretária de saúde de Campos Novos, Mayara Serena, que participou na terça-feira (23), de uma reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR), formada pelos secretários de saúde dos 20 municípios da regional.  

Nesta semana, o Hospital Santa Terezinha (HUST), referência caso haja necessidade de UTI para pacientes de Campos Novos, anunciou uma lotação de 80% de ocupação da ala Covid-19 e chegou a 60% na ala clínica. Os dados são preocupantes principalmente, diante das notificações de novos casos em cidades da região, já que Joaçaba é o município que atende todos os municípios da Amplasc.

Conforme Mayara Serena, se houver necessidade, os pacientes serão transferidos para Lages. “Se houver necessidade, solicitamos leitos para a Regional da Serra, em Lages, que segundo o que nos foi repassado na reunião, está num nível tranquilo de internamentos, pois eles têm uma capacidade boa de leitos e está recebendo pacientes de vários municípios. Mas claro, que quanto mais perto de Campos Novos tiverem os leitos é melhor para todos, desde a agilidade de transferência”, explicou.

O diretor do HUST, Alciomar Marin, explicou que a estrutura da ala Covid-19 possui seis leitos e há mais um da UTI adulto destinado aos atendimentos do coronavírus. Já na ala clínica são 10 leitos. Com a lotação próxima do limite máximo, o diretor reforçou a necessidade da população tomar os cuidados necessários para evitar a transmissão do coronavírus. “É importante que todas as pessoas tenham consciência de se descuidar. Fazer uso do álcool gel, evitar aglomerações e o uso correto da máscara. Todos precisam fazer sua parte ou todos poderão sofrer as consequências”, enfatizou.  

Notícias Relacionadas

Folha Independente

Empresa Jornalística
Planalto Sul Ltda. ME

Folha Independente © 2020 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por AVB Digital