MTur. apresenta projeto que lapida talentos através da música em Campos Novos

Desta vez o clipe será gravado em frente à Igreja Matriz e tem início às 18h

Por Redação em Cultura

23/11/2021 21:52

MTur. apresenta projeto que lapida talentos através da música em Campos Novos

Os alunos do projeto social Lapidando Talentos de Campos Novos farão a gravação de mais uma apresentação em forma de videoclipe na quinta-feira, dia 25. Desta vez o clipe será gravado em frente à Igreja Matriz e tem início às 18h.

Essa é a sexta música que está sendo gravada por eles, desde que a pandemia trouxe um novo jeito de levar o trabalho do projeto aos quatro cantos do mundo. As apresentações que antes aconteciam apenas de forma presencial, em locais específicos, passaram a ser disponibilizadas para o público de forma on-line, em todas as redes e já trouxeram releituras emocionantes de composição de artistas famosos.

Dessa vez a apresentação será ainda mais especial. Os alunos do projeto Lapidando Talentos pela primeira vez vão interpretar uma composição natalina totalmente autoral, e feita por um dos professores do projeto, o músico Marcos Moraes. “Estou muito feliz de ver essa composição que fiz com tanto amor ganhar arranjos pelas mãos dos meus colegas de trabalho Rafael e Ismael e ainda ganhar vida pela interpretação das crianças e adolescentes participantes do projeto Lapidando Talentos. Ela será um verdadeiro presente de Natal para toda a comunidade.”, ressaltou Marcos.

De acordo com o professor de acordeon do projeto, Rafael Fachin, a intenção com da iniciativa não é apenas o ensino da música, mas também repassar valores importantes para a vida dos alunos. “O envolvimento com a música e com toda a estrutura desse projeto Lapidando Talentos fará com que nossos alunos sejam crianças e adolescentes melhores para o mundo. Por aqui além de ensinar música ensinamos sobre empatia, generosidade, superação, comprometimento e o valor da família.” explicou.

Como tudo acontece

O projeto, é uma iniciativa de educação musical do Instituto Humaniza, que oferece aulas de percussão, bateria, acordeom, violino, violão e canto coral de forma totalmente gratuita e com qualidade.

Mais de 80 alunos da rede pública e privada de ensino são atendidos pela iniciativa, e já está no seu sétimo ano de execução em Campos Novos. “ É tão gratificante para nós vermos os alunos se desenvolvendo através dos anos e sendo melhorados através da música, que é algo que acreditamos tanto. Vários são os alunos que chegaram aqui com seus 7 ou 8 anos e hoje já construíram um caminho musical lindo em suas vidas.”, ressaltou o professor de bateria e percussão do Lapidando, Ismael Pacheco Gomes.

Maria, Débora, Igor, João e Yago são alguns desses alunos que já acumulam anos de estudos no projeto. Yago Cordeiro tem apenas 17 anos e já molda seus sonhos através da iniciativa musical. “A música faz parte da minha vida desde os 6 anos. Com 12 entrei no projeto Lapidando Talentos, e agora, aos 17 já estou com trabalhos autorais. Essa caminhada é muito gratificante para mim” finalizou o menino que já tem até mesmo músicas lançadas em plataformas digitais.

O sucesso da iniciativa só é possível graças as famílias que veem a importância da educação de seus filhos de forma integral. Lucimara é mãe da Maria e do João que participam do projeto desde 2015. Para ela ter seus filhos participando no projeto é motivo de orgulho. “Ter meus filhos engajados no Projeto Lapidando Talentos é um orgulho para minha família. Nossos filhos notoriamente tiveram avanços na escola, em casa, na convivência social. Na minha casa a arte da música move os corações, a mente, o corpo, faz parte do dia a dia, som é vida!”, ressaltou a mãe.

A presidente do Instituto Humaniza, Magna Barp reconhece que o projeto já acumula resultados que fazem a diferença na vida de crianças e adolescentes. “Isso é muito importante para nós do IH, garantir a humanização através dos projetos que incentivamos. Com o Lapidando Talentos promovemos a humanização de crianças, adolescentes, suas famílias e a sociedade que recebe o retorno dos nossos trabalhos.”, finalizou Magna.

De acordo com Cleonice Godoy que é representante da Enercam, o projeto já faz parte da casa. “ O projeto Lapidando Talentos é dos projetos culturais patrocinado pela Enercan há 6 anos. A cada ano que passa, temos convicção de que projetos como este, nos faz termos a certeza de que estamos no caminho certo, apoiando iniciativas que contribuem com a formação integral das crianças e adolescentes. O resultado do projeto vai muito além do domínio das modalidades dos instrumentos que são utilizados, mas de uma história de vida que se inicia ao ingressar no projeto. E, para a Enercan isso é motivo de orgulho e gratidão!”, definiu.

Lei de Incentivo à Cultura, produção cultural do Instituto Humaniza, patrocínio da ENERCAN – Campos Novos Energia S.A, Votorantim Energia e Instituto Votorantim, realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Notícias Relacionadas

Folha Independente

Empresa Jornalística
Planalto Sul Ltda. ME

Folha Independente © 2020 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por AVB Digital