O que você precisa saber antes de escolher o nome de uma empresa

Por Drialli Dalazen, Publicitária

Por Redação em Vozes

20/08/2020 15:57

O nome de uma empresa é um de seus maiores patrimônios. Mesmo que a marca mude ao longo do tempo devido a necessidade de modernização ou de posicionamento, o nome permanecerá igual, salvo raras exceções. É por ele que uma empresa será reconhecida e diferenciada.

Escolher o nome de uma empresa é algo que, a princípio, parece simples, porém quem já teve que desempenhar essa tarefa pode afirmar o contrário. Por isso evidencio alguns fatores que devem ser levados em consideração.

Ao pensar em um nome lembre-se que ele precisa ser simples, fácil de lembrar, memorável. Fácil de falar e de ler. Gerar associações positivas. Vale pensar na localização da sua empresa, será que é válido usar um nome em inglês ou em outro idioma? Seu público-alvo falará esse nome com facilidade? Entenderá facilmente via telefone?

Só através de muitas pesquisas, análises e várias tentativas é que se chegará a um nome interessante, autêntico e único. Além de tudo isso, é valido lembrar que este nome precisa ser legalmente protegível. Por isso, evite ao máximo os nomes óbvios, possivelmente esses nomes já possuem registro e não estão mais disponíveis.

“A Lei da Propriedade Industrial (Lei 9.279/96) define que a pessoa/empresa que registrar primeiro uma marca terá direito ao uso exclusivo da mesma em todo o território nacional. Ou seja, mesmo que sua empresa opere há anos no Brasil com um nome não registrado, a partir do momento que um terceiro faça o registro, ele terá o direito sobre essa marca. Com isso, você será obrigado a parar de usar o nome de sua empresa, impactando diretamente o seu negócio”.

Mas como saber se o nome está disponível?

Comece fazendo uma busca no Google e nas redes sociais com o nome que você escolheu. Assim terá resultados abrangentes sobre o mercado, concorrentes e também pode verificar se já existem empresas utilizando esse nome.

Porém isso não é tudo, para saber se a marca já existe legalmente você precisará fazer uma busca mais aprofundada, precisa pesquisar no site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), que disponibiliza sua base de marcas para consulta pública.

Se tudo estiver correto, faça o registro o quanto antes para evitar plágios e cópias de sua marca. O registro evita que outras empresas possam usar o seu nome.

Optar por não registar a sua marca pode oferecer riscos se outra empresa fizer o registro primeiro. Você pode receber uma notificação para deixar de utilizar o nome, isso pode gerar muitos prejuízos para a sua empresa, inclusive o financeiro. Imagine que você já fez um grande investimento em placas, plotagens, papelaria, uniformes e já é bem reconhecido pelo nome que usa.

É válido ressaltar que existem empresas especializadas em naming (processo de criação de nomes) e em registro de marca. Considere sempre ter um acompanhamento profissional para te auxiliar na realização destas etapas. Com certeza é um investimento válido que pode evitar problemas futuros. O valor de uma marca é imensurável e esse é um dos principais motivos para registrá-la.

Deixo aqui alguns links para consultar a disponibilidade de nomes, tanto em domínios para sites como em redes sociais e também no INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial:

Pesquisa disponibilidade de domínio em sites e também disponibilidade do nome para redes sociais

Pesquisa disponibilidade de domínio para site e oferece a possiblidade de registro

Pesquisa para disponibilidade de registro de marca 

O que você precisa saber antes de escolher o nome de uma empresa

Drialli Dalazen é Publicitária e Pós-Graduada em Marketing Digital e Mídias Sociais

Folha Independente

Empresa Jornalística
Planalto Sul Ltda. ME

Folha Independente © 2020 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por AVB Digital