Campos Novos possui o quinto maior rebanho de Santa Catarina

Pesquisa da Pecuária Municipal do IBGE aponta crescimento de 2,5% no efetivo de rebanhos em Campos Novos

Por Redação em Folha no Campo

15/10/2020 16:04

Campos Novos possui o quinto maior rebanho de Santa Catarina

 

O efetivo de bovinos em Campos Novos registrou em 2019 um crescimento de 2,5% com relação a 2018. Com 61.050 cabeças de gado, Campos Novos é o quinto na bovinocultura do estado, atrás apenas de Água Doce (64.165), Concórdia (70.950), São Joaquim (74.000) e Lages (89.000). Do total, 6.905 são vacas ordenhadeiras. Os dados são da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), divulgada nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Pelos dados, é possível identificar dados de todo efetivo dos rebanhos da pecuária nos municípios brasileiros, assim como a produção de origem animal em quantidade e valores gerados, inclusive na aquicultura. Campos Novos possui um efetivo total de rebanho de 1.954.806 cabeças, considerando bovinos, equinos, bubalinos, suínos, caprinos e galináceos, o quinto município no ranking catarinense, atrás de Água Doce, Concórdia, São Joaquim e Lages.

Com relação a 2018, houve queda no número do rebanho, em 8,15%. Campos Novos se destaca na quantidade de suínos, o 13º no estado, com 126.450 cabeças, sendo 28.650 matrizes. O primeiro lugar do ranking é do município de Concórdia, com 393.255 suínos. Em galináceos, o município possui 1,75 milhão de cabeças, 16ª posição entre os 295 municípios catarinenses. O primeiro lugar fica com Videira, com 3,7 milhões de cabeças.

Valor de produção

Mesmo com menor rebanho em 2019, o valor gerado com os principais produtos de origem animal, como mel, ovos, leite e lã em 2019 foi de R$ 62,4 milhões, com Campos Novos na 15ª posição no Estado. O crescimento foi de 8,52% em valor de produção com relação a 2018, quando os pecuaristas geraram R$ 57,5 milhões. Destaque para o valor da produção de leite, R$ 35,8 milhões com produção total de 27,1 milhões de litros, a 31ª bacia leiteira do estado.

Com produção de 7,3 milhões de dúzias, a produção de ovos alcançou R$ 26,3 milhões, a sexta maior produção estadual. Em mel, os valores de produção alcançaram R$ 372 mil com 18,6 toneladas em 2019. A produção de pescado gerou outros R$ 513 mil, com produção de 115,8 toneladas de pescado, especialmente carpas e tilápias.

Em 2018, Campos Novos gerou R$ 30,7 milhões em valor de produção leiteira, seguida de ovos com R$ 26,3 milhões e R$ 400 mil em mel de abelha. A produção de pescado gerou outros R$ 490 mil. A produção de leite em Campos Novos foi de 26,761 milhões de litros, 7,425 milhões de dúzias de ovos e 23,8 toneladas de mel de abelha em 2018.

Notícias Relacionadas

Folha Independente

Empresa Jornalística
Planalto Sul Ltda. ME

Folha Independente © 2020 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por AVB Digital