Aliança é campeã do carnaval de Joaçaba

Com 238,3 pontos, a escola verde e branca é a grande campeã do carnaval de Joaçaba em 2020

Por Redação em Cidades

27/02/2020 12:44 - Atualizada em 27/04/2020 12:44

Aliança é campeã do carnaval de Joaçaba

Foto Portal Éder Luiz mostra o 2º casal de Mestre-Sala e Porta Bandeira da Aliança

A escola de samba Aliança é a campeã do carnaval de Joaçaba de 2020. Este é o 15º título da agremiação, que tem 25 anos de história. Cerca de 15 mil pessoas acompanharam o desfile na noite de sábado (22/02), no sambódromo montado na Avenida XV, na noite de sábado. A grande campeã levou para a avenida a história do Brasil antes do descobrimento. Com o samba-enredo “O país do Carnaval antes mesmo de Cabral”, a Aliança encantou o público. A história foi contada pelas 15 alas e quatro carros alegóricos que realizaram uma verdadeira viagem na avenida.

Um dos destaques foi o abre-alas que tinha como foco os animais pré-históricos e a flora. Já na ala das baianas, a fantasia branca e o sorriso das componentes deram ainda mais encanto ao desfile da verde e branco. A Aliança terminou o desfile dentro do tempo previsto e sem problemas de percurso. O samba-enredo da vencedora abordou a sabedoria e levou o título de “O poder do saber. Se saber é poder… quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

A apuração foi na tarde de terça-feira, no espaço montado na Praça da Catedral no Centro de Joaçaba. Neste ano, concorriam ao grande título do carnaval, além da Aliança, as escolas Unidos do Herval e Acadêmicos do Grande Vale, que tentava chegar ao bicampeonato. Apesar da região contar com quatro escolas, neste ano, a Vale Samba resolveu não participar dos desfiles. Ao todo, cada agremiação foi julgada em oito quesitos: alegoria, bateria, comissão de frente, fantasia, enredo, evolução, mestre-sala e porta-bandeira e samba enredo. A comissão julgadora era formada por 24 membros que vieram de São Paulo para avaliar as escolas catarinenses.

Antes do anúncio das notas, a Unidos do Herval e a Acadêmicos foram avisadas da perda de pontos porque não cumpriram quesitos dentro do regulamento: a vermelho e branco com 4 décimos por estourar o tempo do desfile e não possuir o número mínimo de componentes exigidos na ala das baianas; já a Unidos, perdeu dois décimos também por não possuir o número mínimo de componentes exigidos na ala das baianas. Após cerca de uma hora, o resultado foi anunciado. A Aliança levou o título com 238,3 pontos, seguido da Acadêmicos com 237,3 e a Unidos do Herval terminou com 236,3.

Notícias Relacionadas

Folha Independente

Empresa Jornalística
Planalto Sul Ltda. ME

Folha Independente © 2020 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por AVB Digital